Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018 - 20:38

Coelba

ola boa Noite venho aqui deixa minha grande insatisfação em relação a Coelba tive em uma agencia de mesma para solista uma ligação nova para meu imóvel e fui informado que o sistema tava fora desde ontem e não tinha previsão de retorna com isso não posso residir no imóvel com tudo isso aguardo uma resposta satisfatória

rua formosa são joão 15 plataforma Ba

https://cidadao.reclameaqui.com.br/360693/aneel-agencia-nacional-de-energia-eletrica/coelba/

Compartilhe

Resposta do Serviço Público Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018 - 14:34

Olá, Edson.



Sua reclamação foi direcionada do Reclame AQUI para o e-Ouv, sistema mantido pela Ouvidoria-Geral da União.



Verificamos que a sua reclamação envolve uma relação de consumo. Nesta situação, os órgãos que podem atuar são: a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Procon ou o Juizado Especial Cível. Para recorrer aos órgãos citados é necessário que já tenha feito contato com a própria distribuidora de energia elétrica e tenha em mãos o(s) número(s) de protocolo de atendimento.



Após o contato com a distribuidora, caso não obtenha a solução desejada, é possível registrar sua reclamação na Aneel.



As demandas podem ser cadastradas e acompanhadas pelo telefone 167 (de segunda a sábado, das 6h20 à meia-noite), via internet no chat on-line http://chat.tellussa.com.br/aneel/livezilla.php ou no formulário no site da Aneel http://www.aneel.gov.br/abrir-chamado/reclamacoes/.



Importante destacar que as sanções eventualmente aplicadas pela Aneel se destinam à distribuidora, portanto, questões relativas a prejuízos individuais, materiais e/ou morais podem ser alegados junto ao Procon (órgão administrativo de defesa do consumidor) ou por via judicial, neste caso, junto ao Juizado Especial Cível.



Nos Procons, as reclamações dos consumidores são recebidas e analisadas individualmente, buscando solucionar os conflitos individuais entre consumidor e empresa. Além disso, os Procons também monitoram e fiscalizam a conduta dos fornecedores de produtos e serviços ao consumidor.



Os Juizados Especiais também são muito acionados em questões relativas ao consumidor, pois, em muitos casos, dispensam a necessidade de advogados, sendo uma alternativa caso não haja solução por meio da Aneel ou do Procon.



Por fim, para maiores informações, sugerimos que acesse o Portal do Consumidor no endereço eletrônico: www.consumidor.gov.br/.



Atenciosamente,



Coordenação-Geral de Atendimento ao(à) Cidadão(ã) (CGCid)

Ouvidoria-Geral da União (OGU)

Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU)

ACESSE: www.ouvidorias.gov.br